Rua Visconde de Inhauma, 56, Porto Alegre/RS

051 3217.9999

Rua Visconde de Inhauma, 56 051 3217.9999

Parcelamento dos salários: o desrespeito com o servidor. Autora: Delegada Nadine Farias Anflor

30/07/2015
São recorrentes as notícias sobre o parcelamento dos salários dos servidores públicos do Rio Grande do Sul. Hoje o funcionalismo do Estado vive um clima de instabilidade: não se sabe se o subsídio pelo trabalho prestado será pago na data certa, mas se tem certeza que as contas precisam ser pagas e não mudarão de data devido à falta de pagamento pelo Governo. A Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (ASDEP) defende que nenhum trabalhador, seja ele servidor público ou não, pode ter seus direitos relativizados ou suprimidos em função das dificuldades financeiras do Estado.

As notícias veiculadas a respeito do assunto e a falta de manifestação, o silêncio oficial do Governo, geram desconforto e apreensão às famílias dos servidores.

Qualquer possibilidade de relativizar direitos conquistados em razão do trabalho é uma afronta à Constituição Federal, sobretudo quando amparados por decisões judiciais que vedam parcelamentos. Quando o Estado se propõe a retirar conquistas de qualquer categoria de trabalhador, seja ele pertencente aos quadros do Estado ou não, é imprescindível que seja emitido um sonoro sinal de alerta. Vemos com preocupação o atual momento, pois se houver esse descumprimento estaremos vivendo uma nítida ruptura da ordem constitucional e do Estado Democrático de Direito.

Não podemos aceitar que a culpa de todas as mazelas do Estado seja atribuída ao servidor público. Pagar salário em dia não é um favor, é a contraprestação do serviço realizado.

Embora tenha havido corte de verbas para a segurança pública, os Delegados de Polícia continuam fazendo a sua parte, atendendo à população com empenho e responsabilidade, sem retroceder frente à criminalidade. A segurança é um direito de todos os gaúchos, assim como o pagamento em dia do salário de qualquer trabalhador.
  Nadine Farias Anflor,
Vice-Presidente da Associação dos Delegados de Polícia,
ASDEP/RS.

Artigo publicado no Jornal Correio do Povo, no dia 30/07/2015