asdep@asdep.com.br (51) 3217.9999
LOGIN DO ASSOCIADO
23/11/2017

ASDEP inaugura Departamento de Tradições Gaúchas

Com o lema Servindo e Protegendo vamos cultuando a tradição, foi inaugurado, na noite de terça-feira (21), o Departamento de Tradições Gaúchas (DTG) da Associação dos Delegados de Polícia do RS.

Em uma noite que reuniu autoridades, delegados e representantes de diversos setores da cultura gaúcha, o tradicionalista Doroteo Fagundes saudou a inauguração do espaço. “É uma honra estar testemunhando esse momento tão importante, pois a nossa cultura está presente em todo o Estado e fora daqui. Atualmente, somo oito milhões de pessoas engajadas no movimento tradicionalista ao redor do mundo. Me sinto feliz pelos delegados, que tanto honram o Rio Grande do Sul, tenham tomado essa iniciativa”.

Já o delegado Elói Scott ressaltou a importância do presidente da ASDEP, delegado Cleiton Freitas, para que o DTG deixasse de ser um projeto e se tornasse realidade. “Temos que reconhecer que esse momento se deve ao presidente da associação e sua forma de pensar”.

O cargo de patrão do primeiro DTG da ASDEP ficará com o delegado Fernando Soares, que afirmou estar com um grande desafio a partir de agora. “É uma enorme responsabilidade, uma vez que o DTG está sendo lançado hoje, mas a história e a cultura entre os delegados é imensa”. Nossa função é dar continuidade. Saber do passado e pensar no futuro”.
 
  O delegado Cleiton, por sua vez, destacou que a criação do Departamento de Tradições Gaúchas “tem o objetivo de congregar todos os delegados, dos aposentados aos mais jovens”. O presidente, no entanto, fez questão de frisar os inúmeros problemas pelos quais a Polícia Civil tem passado nos últimos anos. “Delegacias transformadas em presídios, PEC da Previdência e mais outras ações que tentam abalar a nossa classe estão sendo vistas todos os dias. Pois não querem que a polícia seja forte. Resolvi manter a criação deste espaço para mostrar que somos um batalhão de guerreiros farroupilhas e quem ninguém irá conseguir nos destruir”.


No final da cerimônia, houve o descerramento de uma costaneira, com a imagem de Jesus Cristo, presente do delegado Scott, e a execução do hino Rio-Grandense cantado com emoção por todos os presentes. 

Rua Visconde de Inhaúma, 56
Bairro Azenha, Porto Alegre/RS